Buscar

Gravidez e a Odontologia


Gravidez e Odontologia

A gravidez é um período muito especial na vida da mulher e muitas novas atividades e cuidados são incluídas na rotina para que o bebê cresça de forma saudável.

A mulher passa por diversas mudanças físicas e fisiológicas na gravidez. Por essa razão, o acompanhamento pré-natal é essencial. O que muitas mulheres não sabem é que o acompanhamento desta fase por um cirurgião-dentista também é muito importante, pois a saúde da boca da mãe influencia no andamento da gestação.

Os hormônios da gestação, principalmente a progesterona, podem influenciar no aumento da gengivite, causada pelo acúmulo de placa bacteriana nos dentes, irritando a gengiva. Além disso, estudos apontam que existe uma relação entre as doenças periodontais e ocorrências de partos prematuros ou bebês com baixo peso no nascimento.

Durante este período, é recomendado um cuidado especial com a boca. Escovar os dentes e passar o fio dental com frequência e dar atenção especial à região do colo dentário, área em que a gengiva e os dentes se encontram, são atitudes que podem minimizar riscos de gengivite.

Conheça alguns mitos e verdades sobre Gravidez e Odontologia:

  • A gravidez deixa os dentes fracos. MITO: a mãe não perde minerais para dar ao bebê como se acredita. O aumento da possibilidade de cáries em gestante se deve às alterações nos hábitos alimentares, como uma dieta mais rica em carboidratos e a ingestão de alimentos em intervalos menores, aumentando a formação da placa bacteriana.

  • Deve-se evitar o uso de antisséptico dental. VERDADE: Por possuírem produtos químicos, sua utilização durante a gestação deve ser feita apenas com acompanhamento e indicação do cirurgião-dentista.

  • As gestantes sempre têm problemas periodontais durante a gravidez. MITO: Devido as alterações hormonais, existe uma maior vascularização gengival durante a gravidez, tornando a gengiva mais suscetível a sangramentos. O que causa a gengivite ou a periodontite é o aumento da placa bacteriana,que pode acontecer nessa fase pela mudança de hábitos e não por uma questão fisiológica.

  • A gestante pode realizar tratamento oral. VERDADE: A gestante deve consultar o cirurgião-dentista durante este período para acompanhar a saúde de sua boca. A indicação, caso não exista nenhuma urgência, é que o acompanhamento seja feito no segundo trimestre, pois é um período de maior estabilidade gestacional.

  • Higienizar a língua durante a gestação pode causar enjoo. MITO: a higienização desta área da boca é indicada para manter o hálito puro e saudável, já que é nesta região que as bactérias ficam alojadas.Para evitar os enjoos é sugerido o uso de um higienizador de línguas.A consulta com um cirurgião-dentista é muito importante e pode ajudar as mulheres, não só a cuidarem da sua saúde bucal e prevenirem condições desfavoráveis durante a gestação, como também para tirar dúvidas sobre os primeiros cuidados bucais com o bebê.

Para marcar uma consulta com nossos profissionais, entre em contato aqui.

#gravidez #gravidezeodontologia #dicasecuidados #atualleclínicaintegrada #visiteseudentista #ortodontia #odontologiapreventiva #odonto #cuidados #dicasecuidados #seusorrisomaisbonito #hábitossaudáveis #higienebucal #dicas #odontologia #clínicaodontológica #saúdebucal #dentistasemmoema #dentistasemsp #tratamentosintegrados #higienebucal #odontologiaemmoema #atualle

49 visualizações