Buscar

Escova interdental: o que é e como usar


Você conhece a escova interdental? Você já deve tê-la visto nas prateleiras das farmácias. É uma escova diferente, mais fininha. Sua principal função é limpar a placa bacteriana de quem usa aparelhos ortodônticos, possui implantes, coroas, pontes ou espaços maiores entre os dentes.

A combinação de fio dental e escova interdental é uma boa opção para chegar aos lugares que a escova convencional não alcança. Por isso, é importante saber que a escova interdental não substitui o uso do fio dental, são usos complementares.

Assim, é possível eliminar restos de alimentos e bactérias que ficam acumulados e trazem diversas consequências negativas para a saúde bucal. A falta de higienização correta abre espaço para que microrganismos possam agir livremente, provocando mau hálito, cáries, inflamações nas gengivas, entre outros.

Para escolher a escova interdental mais apropriada entre tantas disponíveis hoje no mercado, é importante contar com ajuda de um dentista. O diâmetro que serve para uma pessoa pode não ser o ideal para outra.

Cada boca tem seu próprio formato, assim como seus dentes e espaços são únicos. É importante que o ato de higienizar a boca respeite as suas características. Escolher o modelo errado de escova interdental aumenta o risco de tornar a experiência desagradável. Por exemplo: uma escova interdental fina demais não limpa direito; já as mais grossas talvez não entrem no espaço interdental. Nos dois casos, o resultado pode ser trauma na gengiva, que acaba ficando retraída.

Por isso, consultar um dentista é muito importante. Ele poderá indicar com precisão se você deve fazer uso de uma escova interdental , direcionando quais espaços precisam ser limpos com fios dental e quais podem receber as escovas interdentais, bem como o tamanho adequado que o acessório deve ter.

Como utilizar a escova interdental

A escova interdental possui uma cabeça que pode ser substituída por refil em formatos cilíndricos ou cônicos. O filamento de limpeza é coberto com plástico, o que evita o desgaste dos dentes e as agressões às gengivas.

Abaixo, algumas dicas de uso comum a todos. Mas, reforçamos que a indicação do dentista é muito importante.

1. Encontre o espaço entre dois dentes e coloque a ponta da escova em inclinação aproximada de 45º graus na direção da gengiva. Nos dentes superiores, direcione para cima; nos inferiores, incline a escova para baixo. Faça isso com delicadeza, pressão suave, dando preferência aos dentes da frente ou anteriores.

2. Deslize a escova interdental perpendicularmente fazendo movimento de fora para dentro da boca. Deixe o objeto deslizar com facilidade, sem qualquer tipo de pressão.

Um detalhe importante: não precisa repetir o movimento para frente e para trás. Apenas insira e remova a escova desta maneira. Uma manobra errada pode machucar a gengiva, provocar retrações e espaços ou pontos escuros no local.

Se a gengiva sangrar um pouco e você sentir um certo desconforto nas primeiras vezes que usar a escova interdental, não se preocupe. Isso quer dizer que existe uma inflamação provocada pela placa bacteriana.

Outro motivo para o surgimento de sangramento nas gengivas é a utilização de escova interdental com o diâmetro errado. Quando ela é usada adequadamente, o problema tende a desaparecer em até 10 dias.

Converse com seu dentista sobre a escova interdental e mantenha sua boca realmente limpa e saudável.

#atualle #atualleclínicaodontologiaintegrada #odontologia #odonto #ortodontia #dicasecuidados #escovainterdental #escovação #dicasdeescovação

180 visualizações

Atualle Odontologia - Todos os direitos reservados

Tel (11) 5051-5947

Cel l WhatsApp (11) 98686-5926

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon